Cherry Plum

Esta planta, que pode atingir os 3 ou 4 metros de altura e cujos jovens caules carecem de espinhos, floresce entre o final do Inverno e meados da Primavera. Na Inglaterra, utilizam os ramos sem espinhos desta planta para proteger as plantações de árvores de fruto do vento.

Medo de perder o controlo

Cherry Plum está relacionado com o princípio da franqueza e da serenidade. Este floral  é o mais indicado para aquelas pessoas que têm medo de perder o controlo e causar dano a outras pessoas ou a elas mesmas. É como se tivessem no seu interior uma bomba relógio disposta a explodir a qualquer momento, causando com isso toda uma reacção terrível contra a sua vontade. Trata-se de um estado de ânimo que faz que quem experimenta se sinta como se estivesse à beira de um colapso mental. Têm medo pelo que possam fazer; podem inclusive falar de suicídio ou mostrarem-se histéricos ou violentos.

O medo de ficarem loucos ou de perder as estribeiras, empurra estas para o desespero. O medo de tornar realidade as suas obsessões fá-los perder o sentido; acreditam tornar-se loucas e temem sofrer uma depressão nervosa ou a serem confinadas a uma clinica psiquiátrica. A tensão mental que se gera antes de tomar decisões importantes também, pode derivar num estado Cherry Plum.

O que provoca o desequilíbrio

Do ponto de vista psicológico, a causa deste desequilíbrio reside no medo de fraquejar interiormente. A pessoa quer evitar que aflorem imagens do subconsciente que não pode dominar.

O estado Cherry Plum é um estado prévio de Agrimony. Neste último reprimem-se as coisas desagradáveis; no estado Cherry Plum a repressão causa medo. Na sua forma mais aguda, a principal causa é o consumo de drogas.

Aprender a deixar-se ir

As pessoas com temperamento Cherry Plum têm que aprender a deixar-se ir. Como reprimem todos os impulsos que se originam no subconsciente por medo, tendem a acumular uma enorme tensão interna que empurra para a superfície da consciência as experiencias reprimidas e o lado obscuro da personalidade. O encontro cara a cara com a própria sombra gera um medo intenso. Se aprendem a suportar estas imagens e impressões que afloram e não oferecem resistência, o medo desvanece; se lutam contra elas, a situação perpetua-se.

Este medicamento ajuda a enfrentar os piores pesadelos e a controlar todas as emoções negativas que representam os temores. A pessoa sentir-se-á como se estivera conectada a um enorme depósito de força que a guiará para superar os seus problemas, ao mesmo tempo que, ao explorar os seus sentimentos, poderá averiguar os factores que desencadearam os seus medos. A flor permite à pessoa dominar a sua mente e actuar com serenidade na hora de solucionar os seus problemas, no lugar de ceder. No estado positivo, Cherry Plum ajuda-nos a submergir-nos profundamente na nossa consciência e expressar e transladar para a realidade, as ideias e conhecimentos ali obtidos. Podemos manejar de forma espontânea e serena grandes forças e deixar para trás enormes etapas evolutivas. Tem um efeito sedativo.

A sua relação com outras essências

Convém não confundir o estado de medo de Cherry Plum com o de Rock Rose. No primeiro, o medo aos próprios conflitos subconscientes dissimulam-se o mais que podem. Deixa-se transparecer pouco ou nada ao exterior. No estado Rock Rose, a pessoa vê-se afectada por uma sensação de medo extrema numa situação concreta. Manifesta-se exteriormente.

Sobre esta essência, o Dr. Bach dizia: “Medo ao descontrolo mental, a que a razão o abandone, a fazer coisas terríveis e horríveis, indesejáveis e prejudiciais, mas que ainda assim se pensa nelas e um ainda se sente impelido a realizá-las.”

© Carmen Morales 

 

Deja un comentario